quinta-feira, 21 de julho de 2011

' (5OO) dias com ela, :}


Summer - Smiths ?!

Tom - É...

Summer - Adoro Smiths. 
Tom - O quê?
Summer - Eu disse que adoro Smiths... É que você tem bom gosto musical.
Tom - Gosta dos Smiths?
Summer - É... "To die by your side, such a heavenly way to die..." Eu adoro!
Tom - Quem diria...



Tom - O que nós... O que estamos fazendo?

Summer - Ué, a gente não está indo ao cinema?!
Tom - É... Quer dizer, o que a gente... O que tá rolando aqui com a gente?!
Summer - Sei lá... O que importa? Eu tô feliz, você não tá feliz? 
Tom - Tô!
Summer - Ótimo.




Tom - Eu gostava de uma garota... Eu a amava, e o que ela fez? Ela me deu um belo de um chute literalmente.

Alyson - Literalmente?
Tom - Não literalmente.
Alyson - Como assim? Nossa, qual o seu problema?!
Tom - A questão é, eu tô mal, eu tô sabe... Por um lado eu quero esquece-la por outro lado, eu sei que ela é a única pessoa neste mundo que vai me fazer feliz. 
Alyson - Não esqueça, todas as vezes que pensar em alguém por muitas e muitas vezes tem que procurar os primeiros sinais de perigo! Existem duas opções: ou ela é um ser humano mal frio e infeliz ou ela é um robô, pequeno maravilha sabe? Isso na verdade explicaria muita coisa.





Summer - Eu não devia ter feito aquilo.

Tom - Feito o que?
Summer - Ficado brava com você. Desculpa.
Tom - Olha, nós não precisamos rotular isso, tudo bem eu entendo, mas é que EU preciso de uma certa segurança.
Summer - Eu sei...
Tom - Como é que vou saber que não vai acordar de manhã e pensar diferente? 
Summer - Eu não posso fazer promessas... Ninguém pode. Não existe essa coisa de amor, é uma fantasia. Só acordei e percebi que senti.
Tom - Sentiu o que?
Summer - Algo que não sentia quando estava com você.
Tom - Sabe o que é uma droga? Perceber que em tudo aquilo que você acreditava, era mentira. É uma droga!



muuuuuuuuuuuuuuuuuito perfeito,  *o*   :}
                                           pra andressa, (: